• menu1
21/06/2017 14h40 - Atualizado em 21/06/2017 14h40
MEC e MCTI autorizam FADESP a ser fundação de apoio do IFPA e renovam autorização para UNIFESSPA.
Da Redação
Portal FADESP
A-A+ Tamanho da Letra
Ampliar imagem
MEC e MCTI autorizam FADESP a ser fundação de apoio do IFPA e renovam autorização para UNIFESSPA.

O Instituto Federal do Pará (IFPA) se tornou a mais nova instituição apoiada pela Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP). A decisão é dos Ministérios da Educação (MEC) e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), órgãos que também renovaram a autorização de apoio à Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA).

As portarias interministeriais contendo as autorizações foram publicadas na edição do dia 16 de junho do Diário Oficial da União. Elas atendem recomendação do Grupo de Apoio Técnico (GAT) do MEC e do MCTI analisada em reunião do dia 17 de maio.

Conforme o GAT, a documentação apresentada atendeu os requisitos da lei que rege a relação entre IFES, ICT e fundações de apoio (8.958/1994), do decreto que regulamenta essas relações (7.423/2010 ) e da Portaria Interministerial nº 191/2012, que autoriza as entidades a apoiarem as instituições distintas daquelas para o qual estão credenciadas.

Entre os requisitos para a autorização dada pelo MEC/MCTI, no caso do IFPA, estão a apresentação do comprovante de credenciamento em vigor com a IFES que está vinculada, certidões expedidas pelos órgãos públicos competentes para a comprovação da regularidade jurídica, fiscal e previdenciária da fundação, por exemplo.

Para obter a renovação da autorização de apoio à UNIFESSPA, por sua vez, foi necessário apresentar o relatório anual de gestão da fundação, a comprovação de participação de, no mínimo, dois terços de pessoas vinculadas à instituição apoiada e incorporação à conta de recursos próprios da instituição apoiada de parcela dos ganhos econômicos decorrentes dos projetos desenvolvidos.

Atualmente, a FADESP é credenciada como fundação de apoio da Universidade Federal do Pará (UFPA) e, além da UNIFESSPA e IFPA, também é autorizada a apoiar o Museu Paraense Emílio Goeldi. O credenciamento é renovado a cada dois anos, enquanto a autorização é revista anualmente.