• menu1
19/06/2015 14h57 - Atualizado em 19/06/2015 14h57
Fadesp apoia semana do meio ambiente do LARHIMA da UFPA.
Da Redação
Portal FADESP
A-A+ Tamanho da Letra
Ampliar imagem
Fadesp apoia semana do meio ambiente do LARHIMA da UFPA.

O uso e o consumo de água em Belém é o tema da semana do meio ambiente organizada pelo Laboratório de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (LARHIMA) do Instituto de Geociências (IG) da Universidade Federal do Pará (UFPA) com apoio da FADESP, no período de 22 a 24 de junho.

A programação começa na segunda-feira (22), às 8h30, com a abertura oficial no auditório David Moufhareji da Universidade da Amazônia (UNAMA). Das 9h às 13h ocorrerm os ciclos de palestras sobre a qualidade das águas subterrâneas das bacias hidrográficas do Tucunduba, Paracuri, Rio Amapari e as áreas de reserva de água na capital paraense, no auditório David Moufhareji da Universidade da Amazônia (UNAMA), no auditório do IG no campus básico da UFPA. Veja o folder do evento com a programação completa.

Com o tema "Qualidade das águas de Belém: Eu me preocupo", o evento debaterá e apresentará ainda pesquisas sobre a qualidade das águas minerais consumidas no estado.
Especialistas na área como o professor Itabaraci Nazareno Cavalcante, da Universidade Federal do Ceará (UFC), e representantes de diversos órgãos como o Ministério Público do Pará (MP-PA), a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), a Associação Brasileira de Águas Minerais, a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), do Departamento Nacional da Produção Mineral (DNPM) também estarão participando do evento.

A inscrição para participar da semana do meio ambiente custa R$40,00, com direito a certificado no final do evento. Ela pode ser feita pelo email semanadomeioambiente.larhima@gmail.com.

De acordo com o coordenador geral do evento, professor Milton Matta, a semana do meio ambiente tem o objetivo de mostrar a sociedade paraense os diversos problemas relacionados à qualidade da água no Pará.

A programação do LARHIMA segue até a quarta-feira (24) com uma visita técnica dos participantes do evento a algumas ilhas de Belém.


Amazônia detém maior reservatório de água doce do mundo

Segundo a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), a Amazônia detém a maior bacia fluvial do mundo, ou seja, cerca de 20% da água doce (potável). E somente a Região Metropolitana de Belém possui em torno de 50 microbacias hidrográficas.

Serviço: Outras informações sobre a semana do meio ambiente do LARHIMA pelo telefone: (91) 3201-7425 ou (91) 98241-4105.